Noticias‎ > ‎

Lista PET - Sr. Aloísio (Cobrap) fala a respeito

postado em 1 de dez de 2011 06:27 por Renato Garcia da Silva

Prezados,

                Sabem que não é fácil lidar com o Ibama. A má vontade com a nossa classe é generalizada entre eles. A parte legal e que trabalha corretamente a favor da conservação e em respeito as normas estabelecidas e que não tem nada a ver com o tráfico, não é considerada, a questão é preconceito mesmo.  No entanto, nós não esmorecemos, estamos a todo o momento questionando. A Bancada EcoPassarinheiro é o calo no sapato deles. Os deputados estão integrados conosco e isso é importantíssimo. Veja no site da COBRAP as declarações de alguns deles, reafirmando o compromisso que tem conosco.  Representa um apoio fortíssimo e decisivo.Lógico que as coisas não acontecem de um dia para a noite. A verdade e a justiça sempre prevalecem, essa é a regra. E mais, estamos aguardando a presidente Dilma assinar a "Lei de Competências" que passa para os Estados o "licenciamento" dos criadouros e por via de consequência a "fiscalização". Quem licencia é quem pode fiscalizar, vai ser uma guerra, mas a lei estará do nosso lado. Mais ainda, o Ministério da Agricultura, "MAPA", criou uma Comissão Temática que abrangerá a criação PET  que irá discutir o futuro da criação dos "animais de estimação"  onde estamos enquadrados. Se conseguirmos provar os números que geramos, 125 mil empregos e movimentamos 2,7 bilhoes de reais em um ano, seremos considerados como "Agronegocio"  e isto representará que o Ibama não poderá mais criar essas dificuldades ao emitir Normas que atendem mais a questão da fiscalização do que o atendimento aos legitimos interesses da classe. Então todas essas questões mais importantes que nos afligem, anilhas, lista pet e óbices colocados na IN10, tendem a ser resolvidas, de uma forma ou de outra. Todavia, temos que ser pacientes,   acreditar e apoiar  aqueles que estão nos fazendo o bem e trabalhando para nos ajudar. É isso aí. Sucesso e abraços

Aloísio  

 

Fonte: www.criatoriodametro.com.br
Comments