Noticias‎ > ‎

NA BOCA DO INFERNO - 2

postado em 6 de ago de 2012 18:42 por Renato Garcia da Silva   [ 6 de ago de 2012 18:43 atualizado‎(s)‎ ]
34 ( trinta e quatro) passarinheiros detidos, levados de camburão à sede da Policia Federal de Cascavel onde foram mantidos algemados durante horas e horas foi o resultado da operação que envolveu fiscais do ibama e policiais federais de várias regiões do pais durante a abertura da Copa Oeste no Paraná.
Durante todo o dia os passarinheiros ficaram "sitiados" no ginásio de esportes do Clube Militar da cidade, local do torneio para averiguação dos documentos e das anilhas e depois na sede da PF, onde prestaram depoimento.  Com o trabalho de 3 advogados o juiz determinou a fiança de um salário mínimo para cada passarinheiro que vão responder processo por falsificação de sinal público.
Conversando por telefone com um dos advogados, Dr. Maurício Defassi, passarinheiro de Foz do Iguaçu,  nos autos não fica claro que houve violação das anilhas. O registro é de que há "indícios de violação" das anilhas.
Agora a noite conversei com o deputado Valdir Colatto, para posicioná-lo sobre os fatos, para que esteja preparado para a reunião de terça-feira.
A situação só é defensável pelo fato de que "ha indicios de violação" e pelo tamanho da operação onde estavam inscritos cerca de 100 pássaros e o local onde estava acontecendo: na sede recreativa dos oficiais do exército brasileiro.
A falta de bom senso atingiu também o médico veterinário, responsável técnico do torneio que "ganhou" uma representação no Copnselho Regional de Medicina Veterinária por maus tratos: por ter permitido que as fêmeas fossem mantidas nos carros, sujetas ao sol, ao calor.....
Estou convocando os presidentes dos clubes que fazedm parte da FECRIPAR para ver que rumos vamos tomar, afinal a temporada começa no próximo dia 02 de setembro.
É preciso refletir.
Abraço a todos.

Miguel Tanamati
Presidente FECRIPAR
Comments